About Me

Como a EMBRAER planeja vencer a guerra de viagens urbanas

FORBES: O conglomerado aeroespacial brasileiro Embraer está apostando no desenvolvimento de produtos e serviços em torno do transporte aéreo urbano, já que está convencido de que este será o próximo grande passo na questão da mobilidade.

Terceira maior fabricante de aeronaves civis, com receita de US$ 5,8 bilhões, há dois anos lançou seu braço de mobilidade urbana, a Embraer X, depois de reconhecer que o setor aeroespacial será reestruturado. "A próxima onda de evolução nos transportes transformará a sociedade como a conhecemos. Nosso papel é desenvolver negócios disruptivos no setor antes que outras empresas interrompam o setor em que operamos", diz Antonio Campello, diretor executivo da Embraer X.

A Embraer é uma das fabricantes por trás do Uber Air, planejado para 2023. Aos 49 anos, a empresa brasileira é uma das parceiras mais experiente do projeto e pode contrribuir para superação de questões regulatórias e obstáculos de infra-estrutura em torno de viagens aéreas dentro do cronograma da Uber.

"Obviamente [viagens aéreas urbanas] não é algo que se desenvolverá da noite para o dia. Nosso veículo irá operar com um piloto no início, mas depois de muito teste, ele evoluirá para se tornar autônomo - é quando a revolução realmente começará". diz o executivo. Além do desenvolvimento de seu táxi voador, a empresa brasileira, sediada na Flórida, com postos avançados no Vale do Silício e em Boston, está desenvolvendo uma série de outras ofertas de negócios em áreas como o controle de tráfego aéreo. Angelica Mari | em FORBES, veja completo no link.