About Me

A rota digital da logística

Tecnologia, tecnologia e tecnologia! Esse mantra é o que deve mover as distribuidoras de Tecnologia da Informação e Comunicações – TIC e seus parceiros logísticos para driblar as deficiências de infraestrutura no Brasil e melhorar os serviços de entrega, ao mesmo tempo em que diminuem os valores despendidos com o tema.
Em um país de dimensões continentais e ainda carente de rodovias, ferrovias e hidrovias como o Brasil, o componente logístico é problemático e superlativo, no sentido ruim do termo. Afinal, as companhias locais gastam algo como 12% de seu faturamento com custos dessa natureza – quase o dobro da média mundial que é de 7%. Pior, em performance logística, de acordo com os dados do Banco Mundial, o Brasil ocupa apenas a 56ª posição global e, na contramão, não podemos nos orgulhar de figurar como o sexto país em roubos de cargas.
Diante desse panorama nada favorável, discutimos os modelos mais eficientes e as soluções tecnológicas inovadoras que podem auxiliar o setor de distribuição a gerir a questão. LEIA TUDO EM Inforchannel